Gosta de astronomia? Participe conosco!

12087835_895028560533041_2507355187865899932_o

Anúncios

Observação do dia 19/09/2017

Na noite do dia 19 de setembro de 2017, nosso grupo de astronomia foi recebido pela Delti Luce, em sua casa no Bingen – Petrópolis/RJ

Foi uma noite de comemoração e muita alegria. Diversas pessoas compareceram para a observação, trazendo suas fámilias para a estreia do novo instrumento do grupo : um telescópio modelo Meade Ix 200 10” EMC.

A excelente hospitalidade da Delti Luce, e o entusiasmo de todos a li presentes fizeram desta noite uma observação inesquecível. Com os telescópios dos membros do NAAP Alexandre e Marcelo, que sempre atenciosos, estavam dispostos a ensinar a todos que quisessem aprender a manusear os instrumentos, e identificar os objetos no céu.

Infelizmente devido alguns problemas técnicos, cuja solução foi posteriormente encontrada, não foi possível usar o instrumento novo em plenitude. Mas o fato não desanimou os membros, e as observações continuaram noite a fora, com os demais instrumentos!

Gostariamos de agradecer a Delti por tamanha hospitalidade, foi uma noite incrível.

Palestra e Observação do dia 19/10/2017

Nessa Noite do dia 19 de outubro o grupo de Astronomia Amadora de Petrópolis teve o prazer de trazer uma palestra com Marcelo Cicco na Casa Cláudio de Souza de Cultura. Com o tema Inteligência Artificial na Astronomia: O Projeto FDL, 

Diversos jovens compareceram ao local, e houve um bate papo bem aberto, divulgação dos projetos Nasa e incentivo a ciência.

Após a palestra houve uma observação na praça local com os telescópios dos membros do NAAP, incluindo o novo telescópio do grupo, o “Pedrinho”. Durante a Observação membros do grupo se prontificaram a operar e ensinar a todos um pouco sobre os instrumentos de observação.

Apesar da grande poluição luminosa presente no local, foi possível realizar observações e um bate papo descontraído com a população local. 

Texto por Camila Sant’Anna

 

Professor da PUC-RIO dá nome a asteroide

PROFESSOR DA PUC-RIO DÁ NOME A ASTEROIDE

O asteroide 11465 acaba de ser batizado de Fulvio, sobrenome do professor Daniele Fulvio, do Departamento de Física da PUC-Rio. Nascido na Itália e há dois anos no Brasil, Fulvio é o primeiro professor da Universidade e primeiro profissional de sua área —Astrofísica de Laboratório — a batizar asteroide no Brasil. O professor foi indicado pela comunidade astrofísica internacional por seus estudos e trabalhos sobre as simulações em laboratório dos processos conhecidos coletivamente como “space weathering” (erosão espacial) de superfície dos asteroides. A homenagem foi anunciada na última edição da conferência internacional "Asteroids, Comets and Meteors 2017" (entre as mais importantes na área de ciências planetárias), realizada em abril em Montevidéu, Uruguai, na qual Fulvio contribuiu com uma palestra sobre os últimos resultados de sua pesquisa.

O pesquisador comenta que já foram descobertos cerca de 750 mil asteroides, mas apenas algo em torno de 21 mil têm nome. Vale ressaltar que, como Fulvio não faz parte dos cientistas observadores — aqueles que descobrem os asteroides e que, por isso, têm direito a batiza-los com seu próprio nome — para receber a homenagem, foi preciso que alguém o tivesse indicado anonimamente, dando justificativas para que fosse aceito pela International Astronomical Union, associação mundial responsável por denominar todos os tipos de corpos celestes.

NAAP no programa Ciência em Movimento

O Núcleo de Astronomia Amadora Petropolitana foi a pauta do programa Ciência em Movimento do dia 28 de março de 2017 em entrevista com Marcelo de Cicco. A divulgação científica, a participação do cidadão na ciência e descoberta do novo sistema planetário TRAPPIST foram, também, assuntos da entrevista.

Assista a entrevista em:

Observação NAAP dia 04 de março de 2017 no Rocio

Este slideshow necessita de JavaScript.

No dia 04 de Março de 2017, sábado, integrantes do NAAP foram recebidos pelo Senhor Luis Lage e sua esposa Alba, em sua casa no bairro do Rocio – Petrópolis/RJ.
Por se tratar de um bairro afastado do centro da cidade, a poluição luminosa é bem menor, o que permite um Céu bem mais rico em detalhes para a observação. No dia, apesar de algumas nuvens, o grupo encontrou boas oportunidades de observação.
Com os telescópios dos membros do NAAP Alexandre e Arthur, que se prontificaram a levar e operar os instrumentos para esta observação, foi possível ver a lua em detalhes, o Planeta Júpiter, estrelas duplas, nebulosas, dentre outras belas atrações que o universo dispõe.
Infelizmente durante alguns momentos as nuvens cobriram o céu, fato que encurtou o tempo da observação, pois não fosse esse detalhe, o grupo estava disposto a continuar observando durante toda a noite.
Apesar desse pequeno empecilho, a noite foi bem proveitosa, tanto os entusiastas da Astronomia mais novos quanto os mais experientes tiveram uma experiência incrível observando as estrelas, a excelente hospitalidade do Senhor Luis Lage e de sua esposa Alba contribuíram muito para tornar a experiência bem mais proveitosa.

Texto: Augusto Duarte